Enter your keyword

Termo do 1º consenso em disfunção temporomandibular e dor orofacial

Termo do 1º consenso em disfunção temporomandibular e dor orofacial

O Termo do 1º Consenso em Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial* foi criado com o propósito de substituir divergências por evidência científica dentro dessa especialidade da Odontologia.

Dessa forma pode-se criar metodologias claras de procedimento, no intuito de diminuir sobre-tratamentos ou sub-tratamentos, além de tentar diminuir tratamentos baseados apenas em experiência clínica ou decisões nao fundamentadas (achismos) de alguns profissionais despreparados.

O documento oferece informações claras e fundamentadas para orientar o cirurgião-dentista e demais profissionais de saúde sobre os cuidados demandados pelo paciente, tanto no processo de diagnóstico diferencial quanto na fase de aplicação das terapias de controle da dor e disfunção. Assim, tratamentos como placa, cirurgia, fisioterapia dentre outros ficam a cargo de indicações precisas e fundamentadas na literatura baseada em evidencia acarreatando em mais sucesso no tratamento de escolha.

O Termo foi aprovado no mês de janeiro de 2010 em reunião realizada durante o Congresso Internacional de Odontologia do Estado de São Paulo e converge o pensamento dos profissionais mais conceituados do Brasil na especialidade Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial.

O termo é de livre acesso através do site: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-94512010000300014.